Exposição de Arte com Drogas é inaugurada na Av. da Liberdade

O ativista Graham de Barra obteve drogas disponíveis nas ruas da zona da Baixa e criou arte para ser exposta nas paredes da galeria Casa das Drogas

Lisboa, Portugal – 30 de abril de 2021 – Casa das Drogas é a exposição de arte mais recente a ser inaugurada na Av. da Liberdade que assume uma nova forma; todas as obras incorporam drogas disponíveis nas ruas da zona da Baixa. O conceito, elaborado pelo ativista Graham de Barra, serve para demonstrar que no 50º aniversário da proibição das mesmas, drogas estão mais disponíveis agora que nunca. Drogas contrafeitas são vendidas abertamente nas ruas de Lisboa e a regulamentação deste mercado ilegal é a melhor solução para prevenir danos. A indústria Global de drogas ilegais vale estimadamente 500 biliões de euros por ano e o aumento da receita de impostos poderia ser utilizado para ajudar negócios e comunidades afetadas pela pandemia do COVID-19.

Ninguém está a vender álcool falso nas ruas de Lisboa, visto que há locais autorizados que satisfazem a procura no mercado, que pagam impostos e concedem proteções a ambos clientes e trabalhadores. No entanto, extrato de folha de louro é enganadoramente vendido como haxixe a turistas, bicarbonato de sódio como cocaína e canela como heroína. Sem regulamentação adequada implementada pelo Governo, atualmente não há nenhuma entidade do Estado a fazer cumprir padrões de qualidade.”

2020 foi um ano recorde de apreensões de droga que utilizaram frequentemente portos em Portugal e nas ilhas. O Centro de Análise e Operações Marítimas em Lisboa já apreendeu 20 toneladas de cocaína em 2021, quase tanto como a totalidade apreendida no ano de 2020, que foi de 23 toneladas. A maior apreensão de cocaína do mundo foi efetuada pela polícia em Hamburgo no início deste ano, com um preço de rua de 4 biliões de euros. O OEDT reportou em 2018 que 4.3 milhões de pessoas na EU já tinham experimentado cocaína pelo menos uma vez. Não há regulamentações em vigor que protejam consumidores e trabalhadores nesta indústria, que cada vez mais utiliza crianças para distribuir drogas através de aplicações de mensagens populares como o Instagram e o Snapchat. Pessoas são frequentemente feitas prisioneiras contra a sua vontade em fábricas de drogas e transformadas em escravos, o que contradiz a Convenção Europeia dos Direitos Humanos.

Pessoas estão a sofrer em todo o lado, e como uma maneira de sobrevivência olham para uma indústria que os sustente a eles e às suas famílias. O efeito disto já pode ser visto em países na América do Sul e na África Ocidental, onde cartéis se têm tornado mais poderosos que os próprios Governos. Se não tomarmos uma posição em prol dos direitos humanos agora, então quem irá fazê-lo quando for tarde demais? Estamos rapidamente a aproximarmo-nos do ponto de não retorno, sendo que quantidades enormes de riqueza estão a ser transferidas para as mãos de barões de droga que permanecem anónimos com o uso de tecnologias emergentes, escondidos nos bastidores, fora de vista

De acordo com um novo relatório da EUROPOL publicado em abril de 2021, 40% do crime organizado na Europa está envolvido no tráfico de drogas. Com a violência de gangues a aumentar, a ameaça colocada aos estados-membros apresenta um valor sem precedentes. Corrupção compromete o primado do direito, enfraquece instituições e mina o desenvolvimento económico.

A exposição apresenta obras de arte originais concebidas em Lisboa por Graham de Barra, nenhuma das quais irá estar disponível para compra. De acordo com a lei de descriminalização que entrou em vigor em 2001, a posse de pequenas quantidades de drogas não é crime, mas a venda de drogas é. Tokens não fungíveis (NFT) representativos das obras serão vendidos em leilão à maior oferta no último dia.

Casa das Drogas abre todos os dias de 3 de maio a 24 de maio, entre as 14h00 e as 20h00, na Avenida da Liberdade, nº9.


LEARN MORE ABOUT THE NFT AUCTION & SIGN UP

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s